quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

As Crianças e a Natureza


Semana passada eu vi a resenha de um livro chamado "Last Child in the Woods", que fala sobre um possível problema de saúde pelo qual as crianças poderiam estar passando por não mais entrarem em contato com a natureza.

Gostaria muito de ler este livro, mas ele é bem caro para o meu bolso atualmente (rs).

Uma semana depois, estava ouvindo um episódio do programa Green Hour e nele se dizia o seguinte: se um bebê estiver chorando muito, pegue-o para dar um passeio pelo quintal, por um bosque, que em cerca de 20 minutos ele se acalma.

Seria essa estratégia uma maneira de combater o "mal" que é fazer nossas crianças se afasterem cada vez mais da natureza?

E como uma coisa puxa a outra, descobri um site que defende o direito de a criança... não ter dever de casa! Segundo as pessoas que sustentam essa teoria, as crianças passam muito tempo fazendo lição de casa e não aproveitam mais o tempo livre, brincando na natureza, por exemplo.

Muitas coisas para se pensar!

2 comentários:

Inês Raven disse...

Li numa Superinteressante, uma vez, que estamos ficando menos resistentes à vírus e bactérias por vivermos longe da natureza. E aí vira um círculo vicioso: quanto mais ficamos longe, menos estamos expostos a esses invasores; para combatê-los, tomamos remédios alopáticos que dificultam ainda mais a defesa do corpo. E assim nós ficamos bem mais fracos para algumas doenças do que nossos ancestrais.

Luciana Onofre disse...

Súper pertinente.
Aqui qdo babys de colo, eu os nanava nos jardins.
Agora crescidinhos, eles mesmos ao stressar vão para lá e deitam no solo.