quinta-feira, 30 de junho de 2016

Receitas com camomila - Parte 1




Leu o último post do blog mas não sabe fazer chá de camomila?
A Mulher Verde te ensina então:


Ingredientes:
2 colheres de chá de flores de camomila

Modo de preparar:
Despeje uma xícara de água fervente sobre 2 colheres de chá de camomila fresca ou seca. Cubra e deixe descansar por 10 a 15 minutos.

========================================================

Achou que eu ia ensinar só a fazer o chazinho? Que nada! Seguem mais três receitas úteis com camomila para vocês…


ESCALDA-PÉS DE CAMOMILA

Tá cansad@, com os pés em frangalhos? Trabalhou muito? Dançou muito?

Faça a receita a seguir, um carinho para aqueles dois que te carregam pra lá e para cá o dia inteiro!

50 g de camomila seca
1 punhado de sal grosso
15 litros de água quente


PARA ALIVIAR ARDOR DO SOL

Pegou mais sol do que devia e agora está tod@ ardid@? Eis a solução:

2 colheres de sopa de amido de milho
1 xícara de chá de camomila frio

Misture o amido e o chá de camomila, faça uma pastinha e aplique na pele. Deixe por 30 minutos e depois lave com água fria.


MASSAGEM RELAXANTE

Cansou? Faça uma massagem relaxante com os seguintes óleos:

1 colher de óleo de amêndoas
3 gotas de OE de lavanda
3 gotas de OE de camomila

Misture tudo e aplique após o banho.


segunda-feira, 13 de junho de 2016

CAMOMILA



Gênero: masculino
Planeta: Sol
Elemento: água
Signo: Leão
Principais popriedades mágicas: dinheiro, sono, amor, purificação
Partes usadas: flores


UM POUCO DE HISTÓRIA

Os romanos já utilizavam a camomila como incenso, mas a origem do seu nome é grega (khamaimélon) e significa "maçã da terra", muito provavelmente por conta de seu aroma, que se assemelha ao de uma maçã. Os romanos a utilizavam principalmente para dores de cabeça. Para os anglo-saxões, era uma das nove ervas sagradas.

Também foi usada no Egito, principalmente para ajudar em casos de febre, e lá era dedicada ao deus Rá.

Nos primórdios, era bastante utilizada para tratar febre, mas atualmente possui muitas outras utilizações. Por exemplo, é uma erva anti-inflamatória que pode ser utilizada tanto como chá para inflamações no trato digestório quanto para questões dermatológicas. Também é considerada antiespasmódica, o que a torna especial para aliviar cólicas nas mulheres e nos bebês.

CAMOMILA ROMANA VERSUS ALEMÃ

Existem dois tipos de camomila: a camomila romana, também conhecida como camomila inglesa (Chamaemilum nobile ou Anthemis nobilis), e a camomila alemã (Matricaria recutita ou Matricaria chamomilla), também conhecida como camomila húngara. Suas propriedades são bastante similares, mas a camomila romana é considerada mais sensível e menos irritante.

A camomila alemã é considerada mais potente e medicinalmente superior, pois contém uma proporção maior da substância anti-inflamatória camazuleno. A camomila romana tem menos camazuleno, mas possui mais álcool, o que a torna ideal para aplicação tópica em casos dermatológicos.

A seguir, um resumo das propriedades de cada tipo:

Camomila romana: anti-alérgica, anti-inflamatória, anti-séptica, antiespasmódica, tônico amargo, carminativa, digestiva, emenagoga (promove o fluxo menstrual), calmante, sedativa, ajuda em dores de estômago.

Camomila alemã: anti-alérgica, anti-inflamatória, antiespasmódica, calmante, carminativa, digestiva, emenagoga, levemente amarga, calmante, sedativa.

PROPRIEDADES MEDICINAIS

A camomila é utilizada para aliviar cólicas, gases, dor de estômago, indigestão, conjuntivite, relaxamento dos nervos, redução de inflamações em geral, ajuda ainda a eliminar toxinas e a cuidar de problemas dermatológicos, como cortes e queimaduras, por exemplo. No caso das cólicas menstruais, deve-se beber duas ou três xícaras de chá de camomila por dia.

A camomila também é analgésica, e massagens com seu óleo essencial podem ajudar a diminuir tanto a dor quanto a inflamação decorrentes da artrite.

Como calmante, é indicada par insônia. Ajuda a aliviar tensões, choro e irritabilidade.

Se você tem problemas como secura, coceira ou inflamação no couro cabeludo, pode enxaguar a cabeça com chá de camomila. Para ajudar a clarear o cabelo, deve-se utilizar o chá frio.

Ela ajuda na digestão e alivia queixas gástricas e colite, inclusive problemas relacionados à síndrome do intestino irritável. Também alivia enjoos matinais e a inquietação que costumam ocorrer na gravidez. Para problemas de estômago, incluindo gastrite, colite e enjoo matinal, deve-se beber uma xícara de chá com o estômago vazio de manhã, podendo ele estar quente ou frio.

Quando utilizada topicamente, a camomila acelera a cicatrização de cortes, arranhões, bolhas e queimaduras. Também é útil para erupções cutâneas, eczema e outras inflamação da pele. Nesses casos, lave a região com chá de camomila ou adicione algumas gotas de óleo essencial na água do banho.

Inflamações nos olhos podem ser tratadas com uma compressa fria de chá de camomila. Bochechos com seu chá ajudam a manter a gengiva saudável e alivia inflamações na boca, como afta.
Nos idosos, a camomila ajuda a aumentar o apetite.

No caso dos bebês, a camomila ajuda nas cólicas e com os dentes que estão nascendo. Também acalma e ajuda a febre a ir embora, e pode se usada em pomadas para assadura. Mas preste atenção na dose: de ¼ a ½ colher de chá, dadas a cada 2 ou 3 horas. E NUNCA adoce o chá de camomila com mel para crianças com menos de 2 anos!!!

ATENÇÃO: a camomila não deve ser utilizada por pessoas que estejam fazendo uso de anticoagulantes, pois alguns de seus componentes podem bloquear esta ação dos medicamentos.


USOS MÁGICOS

Magicamente, a camomila pode ser utilizada em magias para prosperidade, paz, amor, tranquilidade e purificação. Para prosperidade, deixe algumas flores da camomila em sua carteira para atrair dinheiro. Já um punhado de flores na banheira irá criar uma atmosfera relaxante.

Um travesseiro de camomila ajuda a ter um sono tranquilo e sem pesadelos. Uma infusão usada para lavar portas e janelas vai ajudar a manter as energias indesejadas fora de sua casa. Polvilhe flores de camomila em pó ao redor seu carro ou casa para remover feitiços lançados contra você e para evitar que incêndios e relâmpagos a atinjam.

Faça um banho ritual de camomila antes de realizar feitiços de amor e prosperidade. Esse banho também pode ser útil para retirar de você sentimentos de dor, perda ou raiva.

Lavar as mãos com chá de camomila antes de qualquer jogo irá aumentar sua sorte.

A camomila também pode ser utilizada em incensos para meditação. Ajuda ainda a limpar e a fortalecer o chakra da garganta (quinto chakra).

A camomila pode ser associada às seguintes deidades: Midhir, Lugh e Aine.


sexta-feira, 13 de maio de 2016

Branqueador de dentes natural



Ingredientes

1 colher de chá de bicabornato de sódio
1 morango amassado
3 gotas de óleo essencial de limão




Preparação

1. Misture o bicarbonato de sódio com o morango até formar uma pasta.

2. Adicione as gotas de óleo essencial de limão. Use essa mistura para escovar os dentes por 2 minutos.

3. Enxague a boca e escove os dentes com uma pasta normal.

4. Use essa mistura imediatamente após prepará-la. Você pode armazená-la no refrigerador por 1 a 3 dias. Mexa bem antes de cada utilização.

Tempo de preparação: 2 minutos


Porções: de 1 a 2

domingo, 17 de abril de 2016

17 de abril, Dia do Herbalista

Eu não sei como surgiu esta data, mas hoje, 17 de abril, é considerado o Dia do Herbalista nos Estados Unidos. 

Aqui no Brasil, nesta mesma data comemora-se o Dia Nacional da Botânica (para saber mais, leia o texto que se encontra neste link).

Para comemorar este dia especial, a Herbal Academy of New England, também conhecida como HANE, criou lindos cartões para que você possa enviá-los a seu/sua herbalista preferid@.

Os cartões podem ser baixados aqui.

São quatro lindos modelos para você imprimir, recortar e enviar.


sábado, 16 de abril de 2016

Herpes (dicas da herbalista Rosemary Gladstar)




Venho tendo crises de herpes (Herpes simplex) na boca desde os 12 anos de idade. É um saco, porque é feio e dói muito. E você nunca sabe quando ela vai aparecer, infelizmente.

Outro dia achei num sebo virtual um dos melhores livros sobre herbalismo de uma de minhas autoras favoritas, Rosemary Gladstar. O livro se chama Family Herbal - A Guide to Living Life with Energy, Health and Vitality (em português, "Ervas para a Família - Um guia para viver com energia, saúde e vitalidade").

Neste livro, encontrei várias orientações sobre herpes que nunca havia lido em nenhum outro livro, por isso, a partir de agora, você verá um resumo traduzido do que aprendi nele. Espero que essas dicas sejam úteis e, se algo que está escrito aqui lhe ajudar durante uma crise de herpes,  por favor deixe seu relato nos comentários.

Se você aprender a prestar atenção em seu corpo e nos sinais únicos que a "sua" herpes envia (sim, porque cada pessoa tem herpes por um motivo: umas por estresse, outras por excesso de frio, outras por excesso de sol, outras por febre, outras por imunidade baixa etc.), em geral conseguirá prevenir que ela "estoure". Não é sempre que dá para fazer isso, mas às vezes é possível para algumas pessoas. É comum surgir uma série de "sinais de fumaça" que seu corpo envia antes de a herpes aparecer, em alto e bom som. Você precisa prestar atenção neles. O meu sinal, por exemplo, é uma pequena vermelhidão no local, seguida de queimação. Dali para a ferida propriamente dita, é um pulo.

Para prevenir uma crise de herpes, siga estas orientações de Rosemary Gladstar:

1) Beba várias xícaras de chás amargos, pois eles ajudam a "esfriar" o fígado, como raiz de dente-de-leão, por exemplo. Eles ajudarão a combater a infecção e a alcalinizar seu corpo.

2) Incorpore os cogumelos shitake, reishi e maitake em sua alimentação. Esses tipos de cogumelo são indicados em infecções virais e ajudam a aumentar a imunidade. O shitake pode ser consumido uma vez por semana. Já o reishi e o maitake podem ser tomados em forma de tintura, embora todos os tipos possam ser cozidos em uma sopa, por exemplo, e consumidos várias vezes durante a semana.

3) Use tintura de equinácea (1/4 de uma colher de chá, de 2 a 3 vezes ao dia, 5 vezes por semana) por 3 meses para aumentar a imunidade. Para aumentar a potência desse tônico que estimula o sistema o imune, misture tintura de astragalus com a tintura de equinácea.

4) Suplemente sua dieta com 500 mg de lisina diariamente por 3 meses. A lisina é um aminoácido que ajuda a produzir anticorpos e enzimas, além de ajudar a curar tecidos danificados.

Se a herpes já tiver estourado, siga estas outras orientações:

1) Evite qualquer tipo de açúcar, especialmente chocolate. A herpes gosta de sistemas ácidos e ricos em açúcar para se desenvolver. Também evite alimentos ricos em arginina, aminoácido encontrado em grandes quantidades em pessoas com herpes. Alguns alimentos ricos em arginina são o amendoim, a manteiga de amendoim e o chocolate. Inclua em sua dieta alimentos ricos em cálcio e vitamina B.

2) Alimente-se com ovos, leite e feijões. Muitas pessoas utilizam também suplementos à base de lisina: 3 comprimidos de 500 miligramas 3 vezes ao dia durante a crise. No entanto, não tome essa grande quantidade de lisina por muitos dias.

3) Aumente sua imunidade tomando 1/3 de uma colher de chá de tintura de equinácea a cada hora durante o dia.

4) Beba ervas que ajudem a acalmar os nervos durante a crise de herpes, como camomila, erva-cidreira e lavanda. Seja gentil com você. Em geral, a herpes é um sinal de que você está estressad@, então procure não ficar mais nervos@ ainda (eu sei que é difícil durante uma crise de herpes, gente. Eu realmente sei).

Algumas maneiras de tratar a área lesionada:

1) Aplique uma bolsa de gelo diretamente na lesão. Faça isso várias vezes ao dia até que melhorem os sintomas.

2) O gel da babosa ajuda a aliviar a sensação de queimação e ajuda a secar a herpes. Aplique várias vezes ao dia.

3) Aplique tintura de alcaçuz (uma ótima erva antiviral) na área da herpes. Outras ervas antivirais: erva-cidreira (especialmente o óleo essencial), melaleuca, bergamota (que é fotossensível, então não use e se exponha ao sol) e erva-de-são-joão (ajuda a diminuir a dor causada pela herpes). Um ótimo remédio é combinar tinturas de erva-de-são-joão, alcaçuz e calêndula. Use partes iguais das três tinturas e aplique frequentemente ao longo do dia, aplicando-as gentilmente na área afetada com um pedaço pequeno de algodão. Essa combinação de tinturas pode ser usada simultaneamente tanto na área externa (ferida) quanto internamente (ingerida). Nesse último caso, tome 1/2 a 1 colher de chá 3 vezes ao dia.

É isso, gente. Resolvi compartilhar porque, mesmo tendo essa "coisa" há mais de vinte anos, eu não conhecia todas essas dicas maravilhosas e achei que seria muito egoísmo não compartilhar esse conhecimento com as pessoas. Beijo e até a próxima!


segunda-feira, 11 de abril de 2016

Aromaterapia - Autoconfiança

Esses dias estava olhando meu caderno de sinergias e achei esta aqui, que talvez seja interessante para você: para aumentar a autoconfiança.

A receita é a seguinte:

12 gotas de óleo essencial de bergamota
5 gotas de óleo essencial de gerânio
6 gotas de óleo essencial de cedro

Você deve diluir esses óleos essenciais em 40 ml de óleo vegetal ou em um creme base sem cheiro.


quarta-feira, 6 de abril de 2016

Minha Lua Nova em Áries




A primeira Lua Nova do ano astrológico é em Áries, começando às 8h25 do dia 7/4/2016. Hora de agir. Já, agora. Vou usar essa energia para alinhar minhas intenções e minhas ações. O negócio é planejar e agir. Não deixar para depois.

Preciso tomar algumas decisões e agir de uma vez por todas. Nada de ficar parada. Eleger uma ou duas coisas que eu quero muito fazer, focar nelas, porque menos, muitas vezes, é mais. Vou me conectar com minha guerreira interior e buscar meus sonhos. Chega de preguiça.

Esse momento também é interessante para refletir como anda o elemento fogo. Tem muito? Apague um pouco. Tem pouco? Acrescente mais. Uma libriana sempre procurando o equilíbrio.

Esta é uma Lua Nova pra brincar, dançar, andar e correr. Vamos aproveitar toda essa energia!

sábado, 19 de março de 2016

Carteiras de pano em formato de xícara



Mas essa Mulher Verde parece criança...

Viu umas carteiras em formato de xícara de pano na 
Banana da Terra e comprou logo duas!




Elas não são umas gracinhas?

sexta-feira, 4 de março de 2016

Perfumaria Natural Botânica com Ane Walsh



No final de semana passada, tive uma grande oportunidade. Passei dois dias, sábado e domingo, aprendendo sobre perfumaria natural botânica com a lindíssima Ane Walsh, mulher a quem sempre admirei de longe, pelo Facebook ou por seu blog. Pra mim, ela é a personificação da mulher sábia, a maga que tem o dom admirável de transformar vários aromas em um, mulher que transforma e vai perfumando tudo pelo seu caminho.

O curso aconteceu nos dias 27 e 28 de fevereiro na sede da Aromaflora, na Vila Mariana, em São Paulo. Depois de ler no blog da Ane que em 2016 ela daria cada vez menos cursos, não pude perder essa oportunidade. Aliás, se você não conhece o blog dela, é este aqui: ladraodearomas.blogspot.com/

A aula foi uma delícia, principalmente quando Ane conta de suas viagens, de suas andanças pelo mundo e de suas aventuras aromáticas. Uma mulher culta, de muitas histórias e, acima de tudo, muito generosa ao dividir seus conhecimentos.

Para mim, a grande revelação deste curso foi o oud. Quase uma semana depois, ainda me pego perguntando como pude viver sem esse aroma até os dias de hoje.

Aliás, se você quiser estudar on-line com a Ane, de qualquer lugar do Brasil ou do mundo, agora no dia 7/3/2016 inicia-se a nova turma de seu curso de seis meses, totalmente em português. Para mais informações, visite o site http://www.naturalperfumeacademy.com/?lang=pt_br




Os alunos, todos ávidos pelo saber, agora são novos amigos com os quais compartilho a vontade de aprender cada vez mais sobre essa arte tão antiga que é a perfumaria.


Obrigada, Ane Walsh e colegas de curso, por esse fim de semana mágico e tão cheio de aprendizados! 

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Mulheres e o autocuidado – Parte 1



Há muito tempo venho querendo escrever sobre autocuidado. Autocuidado, para mim, é o primeiro passo para se ter autoestima, para cultivar o autoamor. E faz muito, mas muito tempo, que eu não cuido de mim com o carinho que eu mereço. E sei que há muitas, mas muitas mulheres, nessa mesma situação. Isso não é exclusividade minha, principalmente nestes tempos em que temos de correr pra lá e pra cá para conseguir (sobre)viver.

São muitos os motivos que nos levam por esse caminho. Lá no fundinho, meio que inconscientemente, com tantas coisas para fazer, achamos que cuidar de nós mesmas acaba sendo um ato egoísta. Que temos filho, filha, pai, mãe, companheiro, companheira, amigos, ou seja, um monte de gente pra cuidar antes de prestar atenção em nós mesmas. Mas não poderíamos estar mais erradas. Porque, para cuidar dos outros, precisamos primeiro cuidar de nós mesmas. Quem já andou de avião ouviu a comissária de bordo dizendo que, se houver algum acidente, primeiro precisamos colocar a máscara de oxigênio em nós mesmos e, depois, nos outros. Esse é o primeiro exemplo que vem à minha cabeça quando penso que primeiro devemos cuidar de nós mesmas para depois poder cuidar de quem amamos.

Autocuidado não significa autoindulgência. Trata-se, na verdade, de autopreservação. Precisamos viver bem e ter o mínimo de saúde possível para poder fazer tudo o que queremos e lutar pelo que acreditamos.

Então, o primeiro passo é entender que cuidar de si mesma não se trata de egoísmo. Na verdade, é uma questão de sobrevivência. Trabalhamos loucamente, mas nunca temos tempo para nós. Alguma coisa está errada nessa questão. Do que estamos tentando fugir quando negligenciamos nossa própria saúde e bem-estar?
Talvez o caminho seja pensar que cuidar de si mesma deve ser sempre uma prioridade. Lavar a louça pode ficar pra depois. Aquela consulta com a/o ginecologista, não. Não deixe pra depois, porque pode ser tarde demais. Cuide-se, ame-se.

Para se autocuidar, é preciso ouvir nosso próprio corpo, que é muito sábio e nos dá várias dicas o tempo todo. Só precisamos estar abertas para escutá-lo.

Há muitas maneiras de se autocuidar. Por exemplo, tentar dormir bem, deixando todos os problemas do dia para trás (essa dica não vale para mães com filhos pequenos. Mas, se você estiver exausta, peça ajuda a alguém para ajudá-la a olhar sua criança pequena).

Eu, por exemplo, detesto fazer exercícios físico. No entanto, depois que comecei a enxergá-los de uma perspectiva do autocuidado, de que, ao fazê-los, estou melhorando minha saúde e aumentando minha longevidade, tornou-se mais fácil aceitá-los em minha vida. E você não precisa ir para academias. Faça algo que lhe dê prazer, como caminhar ou dançar.

Ou pare para ouvir um CD. Ver um filme. Viaje, se possível. Conheça pessoas novas. Tome um banho relaxante. Leia aquele livro que está querendo conhecer há tempos. A intenção é manter sua saúde física, emocional e mental.

No meu caso, um dos meus objetivos de autocuidado é começar a cozinhar para mim mesma. Sem pressão. Diminuir o uso de comidas industrializadas e pensar, enquanto cozinho, que eu mereço comer algo mais saudável. Que o tempo “gasto” para fazer essa comida é, na verdade, um investimento para minha saúde.

A lista de coisas a fazer para cuidar de si mesma é interminável. Você pode fazer yoga ou alguma outra prática de autoconhecimento corporal. Pode plantar, meditar, fazer artesanato, treinar alguma técnica de autodefesa. Tudo o que você precisa ter em mente é que estar fazendo aquilo para você e por você. E essa atividade não deve gerar estresse, e sim prazer.

Há algum tempo tive contato com uns textos da Christine Ayrlo, que escreve sobre autoestima. Do site dela traduzo para vocês alguns conceitos que, para mim, são muito importantes nesse processo de aprender a se amar e se aceitar:

• Dê a si mesma o que você precisa, sem culpa (autocuidado)

• Seja gentil, solidária e gentil com você, mesmo quando falhar (autocompaixão)

• Aceite seu corpo como ele é e ame-o ainda mais à medida que o tempo for passando (autoaceitação)

• Envolva-se apenas em relacionamentos respeitosos e amorosos, tenha muitos deles ... (autorrespeito)

• Vá em busca de seus sonhos, sem desculpas e sem olhar para trás (autoempoderamento)

• Acredite em si mesma e em seus dons (autoestima)

• Confie na sua sabedoria interior, mesmo que ela pareça estranha (autoconfiança)

• Pare de se comparar, julgar e criticar (autoaceitação)

• Escolha ser fiel a si mesma, ainda que isso signifique decepcionar os outros (autovalor)

Não devemos vir em último lugar, nunca. O autocuidado é um ato radical que deve ser praticado todos os dias.