sexta-feira, 15 de abril de 2011

Motherpeace




Quem é mais chegado sabe que eu não consigo me dar bem com o tarô. Acho difícil de aprender a manuseá-lo, e sei que daí vem essa minha negação. No entanto, adoro a arte deles e, por isso, tenho alguns decks em casa. Compro mais pela beleza do que pelo oráculo em si.

Estou falando disso porque hoje eu queria agradecer a um oráculo. Queria agradecer ao Motherpeace, por tudo o que ele vem me dizendo desde que começou nossa relação. Focado no feminino, ele pode não ter a arte mais bonita do mundo, mas fala fundo no meu coração.

Ele, com o livro "Mãe Paz", de Vick Noble, trazem conforto nas horas em que eu preciso e, às vezes, até me mostram coisas que eu não gostaria de saber. Fazem com que eu pense, reflita e aja. São companheiros que às vezes ficam afastados por um tempo, guardados na minha cestinha de oráculos, mas sei que, quando preciso deles, eles não me deixam na mão.

Motherpeace, obrigada por tudo.

3 comentários:

Silvia Astróloga disse...

Oi, não conhecia este oráculo, me interessei, achei a arte bem diferente.
Bjs
Silvia
www.magiaenatureza.blogspot.com

Luciana Onofre disse...

é delicado e lindo ver como as linhas do tempo e das sintonias tecem caminhos semelhantes... o encaro assim como tu.

lembra que nesse imenso círculo pelo qual espiralamos temos uma à outra e a outras que doam amor e alegrias.

sindro disse...

Oi Adorei o trabalho, convido todas vocês a conhecerem o meu blog de textos femininos, obrigado desde já, espero vocês lá!!